Clique aqui e veja as últimas notícias!

PLANO DE AÇÃO

Prefeitura de Campo Grande pede ajuda de empresários para recuperar estragos de temporal

Cerca de 700 pessoas sofreram algum prejuízo com a tempestade de sexta-feira (15)
18/10/2021 12:09 - Alex Nantes, Gabrielle Tavares


Sem conseguir atender toda a demanda dos 700 moradores prejudicados pelo temporal, prefeitura de Campo Grande pediu que empresários realizem doações para compra de telhas, roupas e alimentos.

Na sexta-feira, a cidade foi encoberta por uma densa nuvem de poeira acompanhada de fortes rajadas de vento que causaram destruição, inclusive na fiação elétrica de vários pontos da cidade. Problema que ainda persiste.

Durante coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (18), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) afirmou serem necessários R$ 300 mil para a compra de 2,7 mil telhas, e que ele, junto a chefes do executivo municipal doarão R$ 100 mil para auxiliar essas famílias.

Trad pediu ainda que comerciantes vendam produtos com preço menor e disponibilizaou o telefone 67 3314 - 3900 para quem desejar fazer doações. Durante o evento, a Cooperativa Sicredi doou R$ 50 mil.

"O evento causou prejuízos apenas com telhas e alimentos. Algumas residências perderam objetos como móveis e televisões, mas o que realmente essas famílias precisam agora é de telhas e alimentos", disse o prefeito.

Em relação aos comerciantes que tiveram prejuízos causados pela falta de energia elétrica, como em casas de carnes e mercearias, Trad relatou que a prefeitura "estará de portas abertas" para receber reclamações, mas vai priorizar a ajuda para pessoas com maior vulnerabilidade social.

Além disso, apontou que vai se reunir com o diretor-presidente do Grupo Energisa-MS ainda nesta manhã para solicitar pressa nos reparos causados pela chuva.

"Em 40 anos de carreira nunca vi nada parecido, a tempestade atingiu uma grande parte dos nossos consumidores. Já temos quase 80% dos clientes restabelecidos" afirmou o diretor-técnico da Energisa, Paulo Roberto.

Últimas notícias