Clique aqui e veja as últimas notícias!

CLÁUDIO HUMBERTO

“A Câmara não é contra governadores, é a favor dos governados”

Arthur Lira, presidente da Câmara, sobre o projeto que reduz preços dos combustíveis
16/10/2021 08:30 - Cláudio Humberto


Câmara cobra Código de Ética do Ministério Público

Enquanto se acirram as discussões sobre a mudança na composição do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), a ser votada na Câmara terça-feira (19), o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), destaca um dos aspectos mais curiosos dessa proposta: fixa prazo de 120 dias para que os procuradores criem o seu Código de Ética. 

“O MP é a única entidade do Brasil que não tem Código de Ética”, afirma intrigado, “fiscaliza todo mundo e não tem seu próprio código”.

Todos têm código

Arthur Lira lembra que o Congresso tem conselhos de ética e que todas as profissões se submetem a códigos de ética, exceto os procuradores.

A Câmara fará

O deputado avisa que se o Ministério Público não criar seu código de ética em 120 dias, a Câmara o fará por meio de legislação ordinária.

Sem prejuízos

Ele garante que “não há nenhum artigo nessa PEC que roube, tire, macule, misture qualquer ato funcional do Ministério Público”.

Blindagem

Lira resume a maior crítica o CNMP: atos de abusos, “que aconteceram todo tempo”, não têm sido analisados “de maneira mais efetiva”.

Últimas notícias

Covid mata mais homens que mulheres no Brasil

Em todas as faixas etárias abaixo de 90 anos, mais homens morreram de Covid-19 que mulheres, segundo levantamento da transparência dos cartórios brasileiros de registros civis e de óbitos. 

Entre os 40 e 49 anos, por exemplo, a diferença é superior a 50%: 32,5 mil vítimas foram homens e 20 mil mulheres. Dos 60 aos 69 anos, o número de mortes masculinas foi de pouco mais de 76 mil e as femininas, mais de 57 mil.

Entre crianças

Até entre as crianças de menos de 9 anos, o número de vítimas do sexo masculino (534) é maior que o número de vítimas femininas (470).

Exceção

O número de mulheres vítimas fatais da Covid entre 90 e 99 anos é de 18.936. Os homens, 14.450. Acima dos 100 anos são 1.285 contra 683.

Fonte

Os dados são da Central de Informações do Registro Civil, do CRC Nacional e são atualizadas até o último dia 3 de outubro.

Punição vira lucro

Pela lei, multas eleitorais determinadas pela Justiça somam-se ao fundão partidário e são proporcionalmente devolvidas aos partidos políticos, inclusive os multados. Só este ano já foram mais de R$47,5 milhões.

Lata d’água na cabeça

Somente em Pernambuco, 98 dos 184 municípios estão sob decretos de “situação de emergência” em razão da estiagem, segundo afirmou na Câmara o deputado Danilo Cabral (PSB-PE).

Mais um ator

O empresário Luciano Hang ironizou a pretensão do ator José de Abreu de tentar virar deputado pelo PT. Hang sugere que ele será só mais uma marionete de Lula e questiona: “Teremos mais um ator em Brasília?”.

De um tempo sem internet

Lula disse ser “de um tempo onde a disputa era apenas eleitoral” e que o “adversário não era um inimigo”, mas o deputado Daniel Coelho (Cid-PE) mostrou prints em que o ex-presidiário comparava os tucanos a nazistas.

Prêmio merecido

O alagoano Rostan Silvestre, admiradíssimo médico psiquiatra, receberá da Câmara dos Deputados, em Brasília, quarta (20), o importante Prêmio Nise da Silveira de Boas Práticas em Saúde Mental. Nada mais justo.

Venham dólares

Superávit de US$1,1 bilhão na balança comercial na segunda semana de outubro foi ótimo, mas o ministro Fábio Faria (Comunicações) destacou o saldo positivo: “US$6,1 bilhões exportados e US$5 bilhões importados”.

Cinema é 10

Cinemas convencionais, que em São Paulo foram liberados da exigência de distanciamento, estão aderindo à promoção “Quarta é 10, cinema é 10”, com ingressos a dez reais em todas as sessões de quarta-feira.

São João Paulo

Em 16 de outubro de 1978, Karol Wojtyla se tornava o primeiro pontífice não italiano da Igreja Católica desde 1522. Tornou-se o papa João Paulo II por mais de 26 anos até falecer, em 2005. Depois seria canonizado.

Pensando bem...

...há doenças políticas sem cura, que nem tratamento precoce ou vacina resolvem.

PODER SEM PUDOR

Um vovô esperto

Paulo Maluf não entregava os pontos nem quando sofria derrota. Em 1990, após perder a disputa pelo governo de São Paulo, ele recebeu os repórteres que cobriram sua campanha para uma bem-humorada entrevista. Depois propôs uma foto com todos. 

Uma repórter, entre tantas conhecidas pelo ativismo petista, ficou injuriada com o beijo que Maluf aplicou-lhe na bochecha. Ele brincou: “O que é isso, minha filha? Eu sou apenas um vovô. Eu até já estou meio...” Parou no meio da frase, olhou para os lados e gargalhou, avisando: “...não, não estou, não!”

Assine o Correio do Estado